sexta-feira, 8 de setembro de 2017

Hoje dou-te um verso.... bom fim de semana

Gravura do séc. XVIII, água forte.



(adeus palavras, sonhos de beleza,
montanhas desoladas da infância
        donde tudo se via: a alegria
e a cegueira do que se não via:)

Manuel António Pina, Farewell Happy Fields

(excerto)

2 comentários:

Mar Arável disse...

Boa memória

Majo Dutra Rosado disse...

---
«Agora que não estou~
(nem tu sabes quanto)
tudo o que passou
Sou eu regressando»

Pensei que os binóculos laranjinhas
eram para olhar para a frente...

Ótimos horizontes e excelente «rentrée»

Bisou, madame le professeur.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~